Você já parou para pensar em como a internet pode servir como fonte de clientes para a sua empresa sem precisar pagar por publicidade? Na verdade existe um método para isso, e se você está interessado nele sua empresa precisa do Inbound Marketing.

O Inbound marketing também é conhecido como marketing de atração. É uma técnica de captação de clientes através de marketing de conteúdo, mídias sociais, otimização para motores de busca (Google) e gestão de marca. Basicamente, o cliente encontra você na internet e interage com sua marca por vontade própria, sem a necessidade de investir em mídia paga. Dessa forma, a probabilidade dele consumir seus produtos e serviços é maior, pois é estabelecida uma relação de confiança.

Se você está interessado no que é o Inbound Marketing e o que ele pode fazer pela sua marca, nós preparamos dois tópicos básicos. Boa leitura!

  • Como funciona o Inbound Marketing
  • Quais são as etapas do Inbound Marketing

Como funciona o Inbound Marketing

O primeiro passo do Inbound Marketing é oferecer informações relevantes sobre os problemas que o seu cliente está enfrentando, e estruturar uma produção de conteúdo que seja facilmente encontrado e consumido na internet.

Essa é a porta de entrada para que seu público interaja com a sua marca, e é uma oportunidade de ouro para construir um relacionamento que vai se estender até após o momento da compra dos serviços e produtos.

Se uma palavra define toda essa lógica ela é “confiança”. E naturalmente ela não é conquistada da noite para o dia, ou seja, o Inbound Marketing é um investimento de marca a longo prazo.

Quais são as etapas do Inbound Marketing

Conquistar a confiança dos clientes e estabelecer um relacionamento com eles não é uma tarefa simples. Para diminuir essa dificuldade, o Inbound Marketing oferece uma metodologia que separa esse processo em 4 etapas: Atração, Consideração, Decisão, Encantamento.

Essas etapas representam o caminho que o seu cliente percorre desde o instante que ele decide resolver um problema ou suprir uma necessidade até o momento após a aquisição do seus produtos e serviços.

Trabalhar essas etapas separadamente facilita a identificação de falhas e oportunidades, e são cruciais para o rápido crescimento da empresa.

Atração

O início do processo de Inbound Marketing requer o estudo das necessidades e impressões dos consumidores em relação ao problema que o seu produto ou serviço promete resolver. Em outras palavras, se você sabe o que ele está procurando e como ele faz isso, fica mais fácil produzir conteúdos relevantes nos canais certos.

Na prática, o seu conteúdo de atração servirá como a porta de entrada ao universo ao qual o seu produto pertence. Um exemplo de conteúdo de atração seria “5 dicas para morar sozinha” para uma imobiliária que quer captar mulheres que estão pensando em se mudar.

Os canais utilizados podem variar e dependem de onde o seu potencial cliente trafega. Os conteúdos podem ser produzidos para redes sociais, blogs, canais no Youtube etc. O segredo é não atrair qualquer pessoa, e sim aquela que é uma potencial consumidora.

Consideração

Depois que o visitante for atraído para o seu website, blog, rede social ou outro canal, o próximo passo é conseguir uma informação para manter contato. O mais comum é o e-mail, mas pode ser o número de telefone.

Para conseguir essa informação o profissional que trabalha com Inbound Marketing oferece um material rico como moeda de troca. Mantendo o exemplo da imobiliária, temos: “coloque seu e-mail aqui e receba grátis o guia definitivo sobre onde morar em Jacareí”.

Feito isso, é possível entrar em contato direto com as pessoas altamente propensas a adquirir o serviço ou produto que será oferecido na próxima etapa. O visitante que cedeu seu contato também é conhecido pelo termo “Lead”.

Decisão

Se você estava atento às etapas anteriores, você percebeu que elas funcionam como uma espécie de filtro. A grande sacada do Marketing Digital é poder ter o controle sobre quem é impactado pelas suas ações e realizar uma campanha precisa.

Agora, com o contato das pessoas que enfrentam necessidades que podem ser resolvidas pelos seus serviços e produtos, basta convencê-las a comprar a sua solução. O conteúdo nessa fase, a fim de promover a venda, deve mostrar os benefícios do seu produto/serviço e como ele impactaria a vida do cliente positivamente.

Porém, de nada adianta convencer o seus Leads se o mecanismo de venda falha. Trabalhar para que o processo de efetivação de compra seja simples e eficiente é uma das metas da equipe de marketing digital, e isso envolve, por exemplo, preparar o PDV (ponto de venda) ou a página de check out da loja virtual.

Encantamento

A ação final para o sucesso completo de uma estratégia de Inbound Marketing é continuar a comunicação com o cliente mesmo depois que ele efetuar a compra. Um bom atendimento pós-venda garante a uma percepção positiva do público em relação à marca, além de ser a ocasião perfeita para se identificar falhas e oportunidades de crescimento.

Uma simples pesquisa de satisfação evidencia o valor percebido dos seus produtos/serviços e aponta um norte para a equipe responsável por desenvolver estratégias futuras. Desse mesmo modo, é possível realizar perguntas para o cliente sobre sua vida, situação financeira, familiar etc e gerar dados úteis para melhorar a assertividade e relevância dos conteúdos das diferentes etapas do Inbound Marketing.

Os conteúdos produzidos para os clientes que se encontram nessa etapa também devem estar de acordo. Descontos, informações sobre promoções futuras e plano de indicação de novos clientes são alguns dos principais exemplos. Porém, é possível apostar em estratégias menos convencionais, como promover conteúdo gerado pelo usuário (UGC) para inspirar novos consumidores a conhecerem a sua marca e com potencial viral.

Por fim, é importante abrir os canais de comunicação da empresa. Estar preparado para resolver uma reclamação enviada nas redes sociais traz um impacto na forma que a marca é percebida. Isso reverte em publicidade positiva através da famosa recomendação “boca-a-boca”, apenas conquistada ao deixar os clientes totalmente satisfeitos.

Conclusão

Naturalmente, existem outras formas de trabalhar as diferentes etapas do Inbound Marketing, mas esperamos que esse texto ajude você a entender a lógica por trás desse sistema e possa aplicá-lo na sua empresa.

A equipe Santari está de portas abertas para ajudá-lo com qualquer dúvida sobre o assunto. Boa sorte e sucesso com o Inbound Marketing!

Sua empresa precisa de Inbound Marketing. Você sabe o que é?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *